terça-feira, 24 de maio de 2011

LIVRO DIGITAL SERÁ DISCUTIDO EM ENCONTRO DE ESCRITORES NESTA QUINTA-FEIRA

A terceira edição do Escritores de Quinta terá como foco as várias formas de distribuição do livro digital



Levando-se em conta as diversas plataformas, dispositivos e suportes para a criação e propagação da produção literária nacional, o Escritores de Quinta, encontro literário realizado mensalmente pelo Sesc Pinheiros, elegeu como temática do seu terceiro encontro um assunto de vanguarda: ebook reader e livros digitais.





"Uns dizem que o livro impresso vai acabar, que será substituído pela facilidade dos tablets. Outros dizem que isso não acontecerá. Então achamos interessante ouvir a opinião de quem realmente interessa: os escritores", diz Nelson de Oliveira, um dos curadores do evento. "São os escritores que produzem o conteúdo, não importa a plataforma. Queremos saber deles o que cada uma das possibilidades influenciaria na sua produção", completa Bruno Cobbi, também curador.





Para enriquecer ainda mais a discussão, Edson Rossatto, o terceiro curador, disponibilizou no blog oficial do grupo (www.escritoresdequinta.com.br) uma matéria, gentilmente cedida pela revista Panorama Editorial, sobre o assunto.



O Escritores de Quinta é realizado no Sesc Pinheiros, sempre na última quinta-feira de cada mês.


SERVIÇO

Escritores de Quinta: ebook reader e livros digitais (Grátis)

Curadoria: Bruno Cobbi, Edson Rossatto e Nelson de Oliveira

26/05/2011, das 19h30 às 22h00

Local: Sesc Pinheiros - Rua Paes Leme, 195 - São Paulo - SP

Inscrições: Tel. (11) 3095-9492 (das 12h às 21h)


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:

Edson Rossatto
(11) 6731-6191
(11) 8217-6191

5 comentários:

Mah disse...

Ah eu curto ebook, quando o dinheiro está curto eles salvam a minha vida. Mas, não há comparação para o livro impresso, não me imagino deixando de ir a uma livraria escolher livros, pegar o livro novinho pra ler e folhear. Enfim, o impresso ainda pretende está em minha vida por tempo indeterminado. Acredito que a maioria dos apaixonados por livro seja assim.

Beijos,
Mah | Livro e Coração

Mi disse...

Hey Luxuxu!
O ebook é legal quando não encontramos o livro, estamos ansiosos por continuações, tamo sem dinheiro,... Mas NADA se compara a ter o livro mesmo, não é?!

=*
Mi
Inteiramente Diva

Luciane Rangel disse...

Concordo com vocês, meninas: nada como uma livro de verdade *-*

Bjos e obrigada pelos coments! =)

Paola Scorpio disse...

Pena que Sampa fique tão longe...

Ora, e-book readers são ótimos quando o professor envia o material por email e não temos tempo para ficar em casa lendo tudo no computador. Também servem para uma viagem longa, na qual seria impraticável carregar tantos livros. Mas no dia a dia? Sem chance.

Uns conhecidos meus estão se livrando de coleções inteiras de livros e quadrinhos impressos para tê-los apenas no iPad. Dizem que livros físicos ocupam espaço demais, e nos dias de hoje o mais racional é liberar todo o espaço possível.

Eu, porém, só penso em me mudar de casa e comprar uma estante, porque não tenho onde guardar meus livros do jeito que eles merecem. Como substituir o volume físico pelo eletrônico? Boa parte do prazer de ler começa com uma boa capa, com a textura das páginas (que em alguns livros é simplesmente deliciosa), com o inebriante cheiro da tinta no papel de um livro recém-saído da prensa. Trocar isso pelos ebooks é deixar a tecnologia, mais uma vez, cancelar alguns dos mais simples prazeres da vida.

Some-se a isso a possibilidade de perder 10000 livros de uma vez só porque alguém derramou café com açúcar no aparelho, ou de ficar impossibilitado de ler durante um blackout de três dias porque terminou a bateria do e-reader. Definitivamente, dos meus livros eu não me desfaço assim tão fácil!

Jesimiel disse...

Á meu ver os e-books nunca substituíram os livro de papel.

Jesimiel
Caderno Repicado
http://cadernorepicado.blogspot.com/