quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Top 10 livros nacionais de 2011


Fim de ano! Nada melhor do que fazer uma bela retrospectiva, né? =)

Porém, farei um pouco diferente. O meu top 10 do ano será apenas com livros brasileiros! =) A razão disso é muito simples: este ano li muito mais livros nacionais do que internacionais. E, juro, não foi algo programado nem intencional. Simplesmente, como sempre, adquiri os livros que tinha vontade de ler... E até me surpreendi quando vi que a maioria eram livros de autores brasileiros. E adorei isso!

Por isso, meu top 10 será com livros brazucas =)

Outra coisa diferente será a ordem: alfabética. Motivo: por serem de gêneros e estilos diferentes, achei difícil (e até injusto) tentar classificar (já basta ter tido que escolher os 10 melhores... vários outros que adorei tiveram que ficar de fora da lista rs).

Então, vamos aos meus 10 mais de 2011 =) Por ordem alfabética rs:


A Caçadora - Vivianne Fair


Após ter participado do Book Tour de Quem precisa de Heróis, pude conhecer o talento de Vivianne Fair. Porém, apesar de ter amado o livro, confesso que fiquei com o pé atrás com relação ao "A Caçadora", por tratar de um tema do qual eu nunca fui muito fã: Vampiros. Foi impossível não pensar que seria mais uma história indo na onda de Crepúsculo e outros livros vampirescos da moda.

Porém... Eu estava maravilhosamente enganada. "A Caçadora" não apenas é muito bem escrito, como também faz sátiras divertidíssimas à "moda literária" em questão.

Aliás, "divertido" é o adjetivo que melhor se aplica ao livro. Eu, como uma boa leitora de viagens metrô, ônibus e filas de banco e correios, por vezes me peguei dando gargalhadas e locais públicos enquanto lia.

Apesar de me fazer pagar altos micos em público, bancando a louca que ri sozinha, A Caçadora entrou pra lista dos 10 melhores livros nacionais lidos em 2011.


A Insignia de Claymor - Josiane Veiga (Resenha)

Falar da Josiane Veiga já é até covardia. Inúmeras vezes já declarei aqui, e pra quem quiser ler/ouvir, o quanto sou fã desta pessoa linda que eu tenho a honra de hoje chamar de amiga.

IDC, na verdade, pra mim foi uma releitura. A história foi originalmente publicada na internet (na mesma época em que eu publicava Guardians do mesmo modo), e eu acompanhei, ri, chorei, torci e vibrei com cada capítulo. Este ano, a Josy pode realizar o sonho de publicar algumas de suas histórias em livros e eu, claro, não perdi tempo em comprar os meus.

A Insígnia é uma história apaixonante. Jamais poderia ficar de fora dessa lista!



A Rosa entre Espinhos - Josiane Veiga


Outro livro da Josiane Veiga. A Rosa entre Espinhos é meu xodó. Uma história de amor que foge demais do chichê dos romances em geral. Josiane é uma autora ousada, que usa e abusa - com responsabilidade - de temas polêmicos.

Além de romance, REE também tem muito mistério, uma trama de assassinatos e um enredo de época muitíssimo bem trabalhado.


Casa Velha - Machado de Assis


Tinha que ter um clássico na lista, né?

Sei que muita gente torce o nariz para os clássicos. E até imagino que na maioria das vezes isso ocorra devido a um certo trauma de escola, quando, aos 13 ou 14 anos, um professor nos obriga a ler um desses livros de linguagem rebuscada. Se é o seu caso, eu aconselho: acabe com este trauma dando uma nova chance aos clássicos, já na idade adulta. Talvez você se surpreenda.

Gosto demais do Machado de Assis. Apesar de muita gente (juro que não entendo o porquê) afirmar que a linguagem dele é complicada, eu a considero extremamente clara e simples para os padrões de sua época.

Ainda não conhecia o seu Casa Velha, apenas este ano tive essa oportunidade. E adorei! O livro é, eu diria, ousado para a época. Machado foi um dos primeiros autores brasileiros (senão O primeiro) a trabalhar o tema -até hoje tabu - do amor proibido entre um casal de irmãos. É um livro bem pequeno, mas que me prendeu do início ao fim. Não poderia, de forma alguma, ficar fora desta lista.



Chantilly - Mare Soares (Resenha)


Mare Soares foi outra bela surpresa deste ano. Uma das coisas que mais me surpreende nela é sua maturidade literária, apesar de ser uma autora tão jovem.

Chantilly é outro livro curtinho, mas que prende até a última página. Linguagem clara e objetiva, sem ser simplória, além de uma leitura sem classificação etária, e que tem tudo pra agradar a todos os gostos e estilos.



Cira e o Velho - Walter Tierno


Tive a alegria de encontrar com o Walter Tierno em São Paulo e poder lhe dizer pessoalmente que o seu Cira e o Velho, pra mim, foi a melhor leitura nacional de 2011. O livro é fabuloso e brinca com a História o folclore brasileiro de uma forma que eu nunca tinha visto. A prova de que é possível - e muito - explorar a cultura brasileira na literatura fantástica.

Sem contar que ele também entrou pra lista de livros que me fizeram pagar micos, rindo sozinha feito louca em locais públicos enquanto lia.

Divertido, criativo e intenso.



Escapismo - pedaços de um universo particular - Rafaela Rocha (Resenha)


Escapismo é um livro de contos fantásticos (seis, se não me falha a memória), escritos pela talentosa Rafaela Rocha, abordando temas como vampiros, reencarnação e deuses gregos.

Sim, mais uma autora que me fez gostar de algo relacionado a vampiros!

Gosto da sensibilidade que a Rafa emprega em seus textos. E é por isso que escapismo foi um dos meus livros favoritos de 2011.




Estação Jugular - Allan Pitz


Loucura! Este é o adjetivo deste livro.

É até difícil falar sobre Estação Jugular (motivo pelo qual ainda não fiz a resenha). Uma história que remexe o fundo na alma humana e suas melhores e piores características. Um livro que te faz pensar. Uma leitura essencial.

Simplesmente adoro esse tipo de livro, que nos faz crescer como ser humano. Mais do que recomendado e, claro, um dos melhores livros de 2011.



Jardim de Escuridão - Bia Carvalho (Resenha)


Só pela capa, este livro já se vende sozinho.

Porém, ele é muito mais do que um "rostinho bonito". Um história de suspense sobrenatural, com muito romance, cenas pra lá de calientes, um roteiro bem amarrado e uma escrita deliciosa.

Adorei a história e a forma de escrever da querida Bia Carvalho. Logo, não dava para não citá-lo nesta lista.




Tocada - Juliana Giacobelli (Resenha)


Mais uma adorável surpresa de 2011.

Li Tocada através de um Book tour feito pela autora Juliana Giacobelli (aliás, ainda não tenho o livro... então se alguém quiser me presentear, eu aceito, viu? rs). Desta vez, o tema sempre me agradara, até cair no pecado mortal de virar modinha (e, com isso, vir uma enxurrada de livros oportunistas e mal escritos do mesmo tema): anjos. Novamente, tive muito medo de odiar a leitura. E, olhem que coisa boa: eu AMEI!

O que mais me cativou neste livro foram os personagens. Super fofos e bem trabalhados. Por isso, entrou pra listinha também!



-----------------------------------------------------

E vocês, quantos livros nacionais leram este ano? Que tal também fazerem uma lista dos que mais gostaram? Pode ser 10, como eu fiz, ou menos, caso você não tenha lido tantos livros brasileiros assim. Podem postar a lista em seus blogs e depois deixar o link pra mim nos comentários, ou fazer a listinha direto no mural de coments. Entre os que deixarem um comentário com sua listagem, farei um sorteio de um kit com 15 marcadores de livros nacionais + um botton do Selo brasileiro.

O sorteio será realizado no dia 02/01/2012. Mas não esqueçam de, ao final do comentário, deixarem um email (ou twitter) pra contato =)

Beijos e feliz ano novo pra todos! =)

6 comentários:

Rafael de Oliveira Ramos disse...

meio que sem jeito em admitir mas não conheço nenhum desses livros.

só li 4 nacionais esse ano
mas a lista tende a aumentar pro ano que vem, já que a maioria dos livros que ganhei em sorteios é nacional e também as minhas ultimas aquisições.

então vai o top 3 desse ano né:
1) Guardians vol.2 - Luciane Rangel
2) Guardians vol.1 - Luciane Rangel
3) Metamorfose - Ademir Pascale

Suellen disse...

eu li o de Rafa e para o ano que vem que está loooonnnnnngeeeeeeeeeeeeeeeee não é? vou lê o seu livro, o de josy e o de Mare.

Gostei da caçadora e dos outros e claro os livros de josy que só tenho um até o momento...

=)


Beijos ameia postagem.

@Suellensotero

Josy-chan disse...

ahhhh brigadaaaa amigaaaaaaaaaaa

Luana Farias disse...

NOssa eu também li muitos nacionais é incrível.

A caçadora eu quero ler a séculos mas como é caro ainda não deu. Chantilly, parece ser tão bom...

E jardim da escuridão deve ser mara todo mundo falando bem.

Bjs

Pri :) disse...

mto boa a sua lista, embora so tenha lido alguns livros dela, anotei as dicas dos proximos, bjnhs Pri

PRI E OS LIVROS

Fábrica dos Convites disse...

Oi Luciane, eu não li nenhum destes livros que você citou, mas li 17 livros nacionais ano passado, pouco se comparado a quantidade total dos livros que li, mas alto se comparar que foi mais de 1 por mês.
Bjs, Rose.